Sobre

A feira de negócios musicais do sul do Brasil

Este evento pretende reunir agentes da cadeia produtiva e criativa da música com o intuito de gerar negócios. Voltado para artistas, empresários, produtores, selos, gravadoras, diretores de festivais e outros eventos, a FIMS tem o grande objetivo de congregar esses agentes do sul do país a fim de movimentar o mercado musical. Diferentemente de festivais (voltados ao grande público) as feiras de música têm o papel proeminente de estimular a concretização de negócios no setor através de debates, palestras, rodadas de negócios e outras ações.

Voltado para artistas, empresários, produtores, selos, gravadoras, diretores de festivais e outros eventos, a FIMS tem o grande objetivo de aproximar esses agentes a fim de movimentar o mercado musical.

Contextualização

As feiras de música são hoje espaços estratégicos para o setor pela capacidade de dar visibilidade para uma cena e pela possibilidade de estabelecimento de vínculos comerciais entre os agentes da cadeia produtiva da música. Não é por acaso que as feiras se destacam no mundo todo como um espaço privilegiado para negócios, uma vitrine. Algumas delas fazem parte do calendário anual de centenas de profissionais e atraem interessados de várias partes do mundo como a WOMEX, feira itinerante européia, a BAFIM em Buenos Aires (AR), a Culturgal – Feira das Indústrias Culturais Galega, em Pontevedra (ES), a POPKOMM em Berlim (AL), o MIDEN, em Cannes (FR), a Canadian Music Week, em Toronto (CN), o Mercado de Música Viva de Vic (ES), o CMJ Music Marathon, em Nova York EUA), entre tantas outras. Cada uma com sua peculiaridade, todas elas buscam a aproximação do artista com o comprador e, também, com o público, com o privilégio de ter uma atenção específica de profissionais que foram ali para essa função: conhecer o trabalho e comprar o show. Diferentemente de festivais, que são voltados para grandes públicos e tem outro formato, as feiras de música têm a intenção de ser um espaço preferencialmente de negócios, com a realização de showcases para um público dirigido que, em sua maioria, busca nesses eventos realizar a contratação de bandas para seus eventos e qualquer tipo de negócios na área da música.


Projeto

A FIMS tem como principal meta a geração e concretização de negócios no setor musical do sul do país. Pretende-se oferecer um espaço onde os diversos agentes da cadeia produtiva e criativa da música se encontrem com o intuito de movimentar o mercado deste setor. O evento vai acontecer em Curitiba, entre os dias 22 e 25 de junho de 2016 no Portão Cultural, um espaço multimídia e multiuso ideal para abrigar todas as atividades previstas.

Palestras, mesas, debates, rodadas de negócios e 16 showcases estão previstos para acontecer nestes 4 dias. Os showcases serão divididos em 4 noites de forma que todos os convidados e interessados possam apreciar todas as apresentações. A divisão se dará da seguinte forma:

Noite Gaúcha (4 grupos), Noite Catarinense (4 grupos), Noite Paranaense (4 grupos) e fechando o evento, Noite Curitibana (4 grupos). Todas as ações serão apreciadas pelos compradores nacionais e internacionais presentes no evento, além dos artistas. Para as rodadas de negócios serão abertas inscrições para que empresas e produtoras de todo país participem do evento e das rodadas, no intuito de otimizar a concretização de negócios no setor musical como shows, gravações e demais projetos.

Convidados nacionais e internacionais importantes já tem presença garantida na FIMS, entre diretores de festivais e eventos importantes no Brasil e exterior, além de representantes do poder público municipal, estadual e federal. Confira os profissionais já confirmados na programação!