Mesas de debate

Espaço para debates de temas pertinentes à música, mercado, perspectivas, questões profissionais e trabalhistas, direitos autorais, mercado, indústria, desafios e perspectivas, e demais temas.

Local: Cine Guarani

Dia 22/06

Mesa 01

Como o ensino de música nas escolas pode mudar a música e o Brasil?

das 14h às 15.30h

Uma discussão sobre a lei que obriga a volta do ensino de música nas escolas do país. Desdobramentos, situação atual e o que isso pode representar para a música diretamente, na geração de emprego e renda, e a importância para a sociedade e a formação de nossos alunos.

Felipe Radicetti (GAP)
Magali Kleber (UEL / Pres. Honra ABEM)
Tereza Piekarski (Sec. Municipal de Educação)
Jorge Falcon (PUC-PR)
Mediação: Indioney Rodrigues (UFPR)

Mesa 02

Cooperativismo musical: perspectivas e desafios

das 17.30h às 19h

As cooperativas de música e artes em geral representam um modelo importante para o mercado profissional desde pelo menos a metade dos anos 1990. Debater e entender as perspectivas e os desafios do mecanismo do cooperativismo aplicado ao setor musical é fundamental para os seus profissionais.

Luiz Felipe Gama (Cooperativa de Música de São Paulo)
Andrea Andri Doris (SEBRAE-PR)
Mediação: Makely Ka (COMUM-MG)

________

Dia 23/06

Mesa 1

Agência ou instituto nacional da música e seu impacto na política pública e na representatividade da classe

das 14h às 15.30h

Antiga discussão acerca dessa possível entidade exclusivamente para a música em âmbito federal, análoga a ANCINE para o cinema, essa medida foi anunciada recentemente pelo Ministério da Cultura. Qual é o impacto disso para o setor e como essa entidade pode colaborar também para a representatividade da classe musical.

Paulo Sarkis (FENAMUSI)
Marcos Cordiolli (Fundação Cultural de Curitiba)
Mediação: Manoel Neto (Colegiado Setorial de Música)

Mesa 02

Festivais latino-americanos e a sustentabilidade no mercado

das 17.30h às 19h

Cada vez mais importantes no mercado e na indústria da música, os festivais são peça chave para a circulação de qualquer trabalho musical. Como estes eventos se mantém e acontecem de forma sustentável e o intercâmbio que existe na América Latina serão temas deste debate.

Gutie (Recbeat)
Luciano Balen (Festival de Música de Rua)
Marcos Ramirez (Mamboretá Psicofolk – Paraguai)
Zé Ricardo (Rock’n’Rio)
Thiago Piccoli (El Mapa de Todos)
Mediação: Fabiana Batistela (SIM São Paulo)

____________

Dia 24/06

Mesa 01

Pequenas mídias e incubadoras descentralizando a grande mídia

das 14h às 15.30h

A grande mídia também sofreu uma série de transformações com a revolução digital nos últimos anos, e quem trabalha com música precisou se adequar a essas mudanças. Qual o papel que novas e pequenas mídias e projetos de incubadoras musicais desempenham nesse rearranjo complexo?

Luciano Faccini (Água Viva)
Aline Valente (Sofar Sounds – Curitiba)
Abonico Smith (Mondo Bacana)
Fabio Pedrosa (Móveis Coloniais de Acajú)
Pamela Leme (Alavanca)
Mediação: Web Mota (Musicoteca)

Mesa 02

Streaming e direitos digitais

das 17.30h às 19h

Apontado como a “salvação” da indústria fonográfica, o streaming veio pra ficar e já é uma realidade no mercado da música. Uma prova disso é que o Ministério da Cultura propôs uma série de medidas para regular a distribuição dos direitos autorais oriundos dessas plataformas, o que está em ampla discussão neste momento.

Roberto Mello (ABRAMUS)
Cacá Machado (UNICAMP)
Maurício Bussab (Tratore)
Mediação: Alexandre Pesserl

__________

Dia 25/06

ASSEMBLÉIA EXTRAORDINÁRIA FIMS:

Música na resistência”

das 11h às 12.30h

Um debate sobre as questões políticas atuais e como o setor da música pode se posicionar a respeito.
Condução: Ulisses Galeto (Grupo FATO)

Mesa 01

Intercenas e interconexões

das 14h às 15.30h

As capitais dos três estados do sul do país apresentam cenas distintas e em ascenção nos últimos anos. Como elas atuam e estimulam também a produção do interior, e como poderiam surgir formas de intercâmbio entre essas cenas é o tema deste debate.

Bina Zanette (Santa Produção / FIMS)
Thiago Piccoli (El Mapa de Todos)
Luiz Meira (APROMUF)
Bernardo Bravo (Tertúlia Produções / FIMS)
Mediação: Mara Fontoura (Gramofone)

Mesa 02

Direito autoral no Brasil: debates e perspectivas

das 17.30h às 19h

Outro tema controverso e importante do setor musical, o debate sobre o recolhimento do direito autoral no Brasil e a fiscalização dessa atividade pelo estado já está em discussão há mais de 10 anos. Quais as recentes mudanças propostas e como isso vai impactar o setor?

Roberto Mello (ABRAMUS)
Daniel Campello (Advogado)
Mediação: André Wlodarczyk